Começos

primeiro-post

Como eu adoro começos. Aquela sensação de borboletas voando no estômago, ansiedade descontrolada, suor nas mãos e muitas expectativas. Ideias não faltam. Qualquer pedaço de papel se transforma em um post (ou o resumo dele só para não perder a ideia até chegar em casa) ou até mesmo o roteiro do próximo vídeo. Começar, de fato, é muito saudável, é mágico!

O Amandicas me deixou assim e me deixa toda vez que vou produzir algo. Fico com a sensação de ansiedade cada vez que as ideias ficam pipocando incontrolavelmente na minha cabeça, me deixando quase incapaz de mexer meus próprios dedos de tanta informação que meu cérebro acaba gerando.

Ele é uma extensão de mim, uma realização de um sonho. É simples para quem vê, mas pra mim, que sei o quanto quero que ele seja completo e com conteúdo relevante, é complexo! E como eu adoro desafios também, me permiti criá-lo. Eu adorava escrever e ver pessoas lendo e se identificando com o que eu fazia. Isso me gerava um sentimento indescritível e é assim até hoje.

Enfim, ele é uma descoberta de cada parte de mim, de cada coisa que eu gosto, que eu sinto, como eu vejo as coisas e a minha opinião sobre elas. Espero que goste dos conteúdos que venho preparando para o blog e o canal que ainda não lancei, mas que em breve estará no ar, também, com muitas dicas.